Acad. Waldenir de Bragança




Titular em 28/07/2021

Especialidade:

Acadêmico Patrono

Cadeira: 74

Patrono:


Mini currículo:

PATRONO DA CADEIRA NÚMERO 74 DA ACADEMIA

DE MEDICINA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO


Nascido em Araruama, RJ, em 17 de julho de 1931, Waldenir é filho de Vergílio de Bragança e Eulália da Silveira Bragança. Casado com Maria Eliza Ranzeiro de Bragança (professora), em 1º de setembro de 1956, da união nasceram 5 filhos: Fernando César (médico e professor), Célia Regina (médica), Ana Lúcia (nutricionista), Luiz Antônio (médico e professor), e Silvia Helena (advogada). Possui 14 netos.

Médico pela Faculdade Fluminense de Medicina / UFF (1956), CRM 5200017-9 (o mais antigo presidente do CREMERJ ainda em atividade profissional); Médico Sanitarista / ENSP; Nutrólogo / UFRJ; Consultor Hospitalar através do Curso de Organização e Administração Hospitalar / ENSP; Saúde do Idoso /ENSP; Jornalista com registro no Ministério do Trabalho e Emprego; Advogado / UNIVERSO; Curso de Marketing / UCAM.

Foi  Professor Titular da Faculdade de Medicina e da Escola de Serviço Social da Universidade Federal Fluminense / UFF; Professor Titular de Higiene e Medicina Social, Segurança do Trabalho, Saúde Pública e Epidemiológica; Professor da Escola Nacional de Saúde Pública (1963-1964); Professor Titular da Escola de Serviço Social (1961); Clínico Geral do ex-IPASE e INAMPS; Diretor de Ensino secundário - MEC - CNEC; Presidente do Diretório Acadêmico Barros Terra, da Faculdade Fluminense de Medicina; Presidente da Associação dos ex-alunos da Faculdade de Medicina - UFF; Membro do Conselho Universitário e do Conselho de Curadores da UFF (1961-1974) - Relator do 1º Estatuto da UFF; Médico Sanitarista do Ministério da Saúde, lotado no Serviço Nacional de Fiscalização de Medicina e Farmácia, hoje Agência Nacional de Vigilância Sanitária, e na Divisão de Organização Hospitalar (1959-1975); designado pelo Ministro da Saúde Catete Pinheiro para proceder ao Levantamento das Condições de Saúde de Brasília e apresentar sugestões para equacionamento (1961); Chefe dos Serviços Médicos da Policlínica da União Fluminense de Estudantes (1957-1961); Fundador e Diretor da Casa de Saúde Santa Rita de Cássia (1970); Chefe do Departamento de Ciências Médico-Psicológicas da Escola de Serviço Social da UFF (1963); Chefe do Departamento de Medicina Preventiva da Faculdade de Medicina da UFF; Coordenador do Curso de Ética Médica realizado pela UFF, Conselho Regional de Medicina e Associação Médica Fluminense (1971).

Presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (1964-1966); Presidente do Conselho de Presidentes da Associação Médica Fluminense (1968-1971); Presidente do Conselho Deliberativo da Associação Fluminense de Reabilitação (1969-2010); Presidente da Câmara de Segredo Profissional, Conferência Médica e Relações com o Paciente do Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro / CREMERJ (1970); Presidente da Associação Fluminense de Reabilitação (1972-1973); Delegado do Estado do Rio de Janeiro, junto ao Conselho Federal de Medicina (1965); Presidente da Sociedade Brasileira de Higiene e Saúde Pública (2003-2013); Presidente da Federação Brasileira de Academias de Medicina (1998-2000); Presidente da Academia Fluminense de Medicina (1986-1988) e Acadêmico Benemérito; Presidente do Conselho Científico da Academia Fluminense de Medicina; Presidente da Associação Médica Fluminense (1968-1971), membro nato do Conselho Deliberativo; Vice-Presidente da Associação Médica Brasileira (1971-1981); Diretor Emérito da Associação Médica Brasileira; Assessor Internacional da Federação Brasileira de Academias de Medicina; Titular da Academia Nacional de Medicina do Trabalho; Titular do Instituto Brasileiro de História da Medicina; Acadêmico Emérito da Academia Brasileira de Administração Hospitalar; Membro Honorário da Academia Brasileira de Medicina de Reabilitação, das Academias de Medicina do Amazonas, de Sergipe, de Alagoas e de Mato Grosso; Benemérito da Federação Brasileira de Academias de Medicina; Membro da Sociedade Mexicana de Medicina do Trabalho; Membro Correspondente da Academia de Medicina de Minas Gerais; Membro da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia do Estado do Rio de Janeiro, da Sociedade Brasileira de Psiquiatria, da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária, da Associação Fluminense de Hospitais e da Associação Paulista de Hospitais; Membro do Conselho Deliberativo e Delegado da Sociedade de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (1995-2010); Homenageado das Academias de Medicina de Minas Gerais, Santa Catarina e Rio Grande do Sul; Diretor da Academia Fluminense de Medicina - Orador; Secretário-Geral da Federação Brasileira de Academias de Medicina (1988-1990); Presidente do VII Conclave Brasileiro de Academias de Medicina, na sede da Academia Nacional de Medicina, e Relator da Carta Médica do Rio de Janeiro (1998); Presidente do Conselho Deliberativo da Irmandade São Vicente de Paulo (2008-2010); Presidente do XX Congresso Nacional de Saúde, promovido pela Sociedade Brasileira de Higiene e Saúde Pública (2013).

Foi Secretário de Saúde e Assistência do Município de Niterói, responsável pela implantação após a fusão dos Estados do Rio e da Guanabara; Membro do Conselho Estadual de Saúde RJ; Membro do Conselho Estadual de Entorpecentes; Conselheiro do Programa Comunidade Solidária do Estado do Rio de Janeiro; Deputado Estadual RJ (1979-1982); Prefeito Municipal de Niterói (1983-1988). 

Presidente da Academia Fluminense de Letras. Fundador e Presidente da Universidade Aberta da Terceira Idade de Niterói. Presidente da União Brasileira de Trovadores / Seção Niterói. Fundador e Presidente de Honra da Academia Brasileira Rotária de Letras. Fundador e Presidente de Honra da Federação das Academias de Letras do Estado do Rio de Janeiro. Acadêmico Titular da Academia Brasileira de Trovas, da Academia Fluminense de Letras, da Academia Brasileira Rotária de Letras / Seção do Estado do Rio de Janeiro, da Academia Niteroiense de Letras e do Cenáculo Fluminense de História e Letras. Relator do Memorial para a Oficialização do Idioma Português na ONU, levado à sede da organização em 27 de maio de 2011.

Conferencista da Campanha da Fraternidade sobre a Pessoa Idosa - "Vida, Dignidade, Esperança". Autor dos Livros "Terceiridade - Análise da Situação do Idoso no Brasil - Universidade Aberta da Terceira Idade, uma proposta de equacionamento" (1995)  , e "Marketing Social: Relevância e Resultados" (2007). Co-autor do livro "Aborto e o Direito à Vida", laureado pela Academia Nacional de Medicina com o Prêmio Genival Londres. Autor das publicações "Origem do Ensino Médico no Brasil em 1808 e Panorama Atual das Escolas Médicas - O Que Fazer"; "O Direito do Idoso e a Realidade"; "O Brasil na Organização Mundial de Saúde"; "Direito Médico - Direito Médico-Social". Trabalhos técnicos sobre: "Ética Médica", "Segredo Profissional", "Auditoria Médica e Hospitalar", "Municipalismo", "Saúde Pública", "Nutrição", "Dependência Química e Toxicomania", "Geriatria e Gerontologia", "Poluição", "Saneamento", "Sistema de Saúde", "Saúde do Idoso", "O Exercício da Medicina e Salvaguardas dos Riscos Profissionais - Da Necessidade de Criação do Direito Médico", entre outros.

Entre as homenagens recebidas: Ordem do Mérito Judiciário pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro; Medalha Tamandaré pela Marinha do Brasil; Medalha do Pacificador pelo Ministério do Exército do Brasil; Medalha Tiradentes pela Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro; Medalha José Clemente Pereira e Medalha José Cândido Carvalho, pela Câmara Municipal de Niterói; Medalha do Centenário da Universidade Cândido Mendes; Grã-Cruz da Ordem do Mérito Araribóia; Benemérito do Estado do Rio de Janeiro, pela Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (2002); Patrono do "Pavilhão do Saber Waldenir Bragança" na Escola Municipal de Araruama; Benemérito da Academia de Medicina Veterinária do Estado do Rio de Janeiro (2008); Intelectual do Ano (2011); Médico do Ano pela Sociedade Médica do Estado do Rio de Janeiro (2016); Acadêmico do Ano pela Academia de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (2017); Patrono do XVII Conclave da Federação Brasileira das Academias de Medicina, São Paulo (2018).

Rotariano desde 1971, membro do R.C. de Niterói-Norte;  Presidente do R.C. de Niterói-Norte (1974-1975); Governador do Distrito 4750 de Rotary International (2001-2002); Governador Honorário do Distrito 4570 de Rotary International; Associado Honorário dos Rotary Clubs de Niterói-Araribóia, Niterói-Icaraí, Araruama, Maricá, Saquarema e Teresópolis-Paquequer, no Distrito 4750, e do Rotary Club de Belford Roxo-Lote 15 no Distrito 4570; Representante Oficial do Governador José Danir Siqueira do Nascimento, para a Fundação do R.C. de Niterói-Araribóia; Membro de diversas comissões e subcomissões de serviços do Distrito; Possui vários afilhados no R.C. de Niterói-Norte e em outros Clubes; Construção do Pavilhão "Rotary" com 8 salas de aula no Colégio D. José Pereira Alves, em Niterói, e o fornecimento de carteiras e cadeiras escolares; Participou na criação do Banco de Muletas e Cadeiras de Rodas do R.C. de Niterói-Norte; Presidiu o Centro de Estudos Rotários do Distrito 4750; Participou em reuniões rotárias em Lisboa, Berlim, Amsterdã, Nova York, Porto Rico, Miami, Santiago do Chile e Buenos Aires; Participou de vários Institutos de Rotary no Brasil: Recife, São Paulo, Santa Catarina, Florianópolis, Foz do Iguaçu, Belém, Belo Horizonte, Goiânia, Rio de Janeiro, Recife, Atibaia, Fortaleza; Participou da Convenção Internacional de Buenos Aires (junho de 2000) e da Assembleia Internacional em Anaheim (fevereiro de 2001); Autor da Proposta para que o Idioma Português seja oficializado na ONU; Relator da Proposta para o Prêmio Nobel ao Rotary International em 2005; Vice-Presidente da Cooperativa Editora Brasil Rotário de 2003 a 2015; Comissão Interdistrital Brasil-Argentina; Comissão de Apoio ao Timor-Leste - Área de Educação; Coordenador do Foro Multidistrital Internacional sobre Desarmamento, Resolução de Conflitos e Paz, em Buenos Aires / 24 de outubro de 2003; Embaixador Distrital do XXVII Instituto Rotário de Florianópolis (2 a 5 de setembro de 2004); Membro da Comissão de Celebração Presidencial - Saúde Pública, Rio de Janeiro (19 de março de 2005); Coordenador do Seminário Interdistrital "Paz Urbana: Segurança, o Que Fazer" (2004); Representante do Presidente de RI Glenn Estess à Conferência Distrital do Distrito 4500 (Recife / 26 a 28 de maio de 2005); Paraninfo da Turma Fevereiro / 2007 do Círculo de Amigos do Menor Patrulheiro de Campinas (projeto profissionalizante mantido pelo Rotary Club Caminas-Sul / Distrito 4590); Representante do Presidente de RI Ray Klinginsmith à Conferência Distrital do Distrito 4510 (Águas de São Pedro /  12 a 15 de maio de 2011); Membro da Caravana de Rotarianos que levou o Memorial para Oficialização do Idioma Português na ONU à sede da Organização das Nações Unidas, em Nova York, em 27 de maio de 2011; Autor de vários artigos na Revista Brasil Rotário ("Prêmio Nobel para Rotary", "Viver Mais e Melhor a Idade que se Tem", "Idioma Português na ONU", etc.); Criador do Interact, Rotaract e Probus Clube Niterói-Norte; Palestras em Assembléias Distritais, Seminários de Preparação de Presidentes Eleitos - sobre "Liderança e Desenvolvimento" e "Imagem Pública de Rotary"; Quando Governador do Distrito 4750 em 2001-02 criou os Rotary Clubes de Saquarema, Cambuci, São Vicente e Quissamã; Membro Fundador e Presidente da Academia Brasileira Rotária de Letras / ABROL; Membro da Comissão Organizadora do Instituto Rotary do Rio de Janeiro (2015); Delegado do Distrito 4750 ao Conselho de Legislação de Chicago (2016).



Currículo Lattes